Regional
13 Jan 2018 - 08h46m

Amastha diz que Estado só muda quando acabar a bagunça no Palácio Araguaia

Durante encontro regional do PSB em Dianópolis, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, destacou algumas das potencialidades e disse acreditar que o Tocantins tem jeito de mudar para melhor.  Entre os caminhos, segundo ele, estão planejamento, gestão eficaz, comprometimento, vontade política e responsabilidade com a população. Na cidade, políticos da região, lideranças do PSB, de outros partidos e comunidade tiveram a oportunidade de ouvir relatos de Amastha sobre a experiência da administração de Palmas e do cenário político estadual. “O Tocantins tem potencial, isso todos nós sabemos. É só arrumar aquela bagunça lá [no Palácio Araguaia] que esse Estado dá certo”, comentou Amastha, que nesta semana assumiu a presidência da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). 

Entre os exemplos, ele citou ações em Palmas na área do turismo, investimento na saúde e educação, que são referências nacionais, e apoio à produção e geração de emprego e renda. No seu pronunciamento, abordou com detalhes algumas das principais potencialidades desperdiçadas no Estado como, por exemplo, projetos de irrigação, fruticultura, de produção de peixes e em outras áreas como turismo e empreendedorismo.

A crítica foi feita na noite dessa sexta-feira, 12, durante reunião do PSB em Dianópolis, no sudeste tocantinense. O encontro encerrou a agenda de Amastha na região nesta sexta, que contou ainda com compromissos políticos em Almas, Rio da Conceição, Porto Alegre do Tocantins e Novo Jardim.

Na manhã deste sábado, 13, Amastha tem mais compromissos no sudeste, especificamente em Dianópolis e Taguatinga.  À tarde, ele vai ao município de Paranã. Nesses locais, o prefeito tem homologado comissões de diretórios municipais e abonado fichas de filiação de novas lideranças do partido, do qual é presidente regional.

Ao reclamar do não pagamento da dívida de cerca de R$ 7 milhões que a gestão estadual tem com a prefeitura de Palmas na área da saúde, Carlos Amastha criticou o que classificou de descaso do governador Marcelo Miranda com o Tocantins. “O Tocantins todo abandonado, com atrasos nos repasses aos municípios e de pagamento dos servidores, e onde está o governador? Passeando na Holanda com esposa e amigos com o dinheiro público”, afirmou. Ao todo, dez pessoas integram a comitiva do Tocantins na Holanda. Os custos não foram divulgados.

Ainda sobre a viagem do governador Marcelo Miranda sobre o pretexto de participar de uma feira de turismo na Holanda, Amastha emendou: “Nesses quatro anos teve uma única política pública para o turismo no Estado? Nenhuma. Enquanto isso, salários atrasados, verba que é direito dos municípios, como no caso de Palmas, atrasado, como está atrasado o repasse do transporte escolar, a saúde do jeito que está, as estradas um caos, enfim...”

 

 

Deixe seu comentário:

2 Comentário(s)

  • MARIA SOUZA | 15/01/2018 | 11:23Quem fala em viagem, quanto esse cara gastou passeando no exterior, com dinheiro do Município. E tem que explicar o pagamento do 13º e férias com dinheiro do Previpalmas.
  • Marcio | 13/01/2018 | 15:16SR Prefeito, o senhor fala sempre em saúde , precariedade do Estado , falta de gestão . Minha dúvida é porque o senhor não fez o hospital de urgência e emergência em Palmas conforme determina a lei ? O Sr sabia que tem a obrigação de atender todas as urgência e emergências na Cidade de PALMAS? Talvez seja por isso que o HGP fica superlotado com pessoas à procura de atendimento que o senhor deveria estar atendendo no município ! Faça a sua parte , trabalhe em prol a um Tocantins diferente . Faça o que tem que ser feito e não brinque com o povo ! Não somos burros !
© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.