Ponto Cartesiano
10 Nov 2017 - 08h46m

Ataídes entre a cruz e a espada: Aécio/Temer ou FHC/Tasso. Claramente da base do presidente, Ataídes tem um conflito à frente

O senador Ataídes de Oliveira com problemas. A intervenção de Aécio Neves no PSDB, retirando de forma autoritária o senador Tasso Jereissati da presidência tucana, empurra o senador tocantinense a um conflito: permanece na base de Aécio (e Temer) ou arrisca-se a perder ativos que teria na base governista optando por seguir a maioria do PSDB que quer Aécio, Temer e seus processos de corrupção longe da legenda, como também defende o ex-presidente FHC e materializava Tasso.

Ataídes de Oliveira, não há como dizer o contrário, é hoje da base do presidente Michel Temer, subordinado politicamente, portanto, à vontade política de Aécio, que quer continuar como capo do PSDB. Não há qualquer dúvida. Ataídes votou favorável a Temer e é o presidente da CPI da JBS, criada exclusivamente para contrapor-se a Joesley Batista nas acusações que fez ao Presidente. Mera retaliação política no Congresso já que a questão está sob investigação da Polícia Federal e Ministério Público Federal.

No Estado, o PSDB, tudo indica, está mais próximo de formar aliança com partidos de oposição a Temer e Aécio que o contrário. E Ataídes quer, pelo que se sabe até aqui, uma reeleição. Nos próximos dias (como já ocorre desde ontem), é lógico deduzir, os tucanos se dividirão entre Pró-Aécio e Pró-Tasso. Na verdade, Pro-Temer ou contra Temer. Pode ser a oportunidade dos tucanos descerem de vez do governo de Temer e ao mesmo tempo eliminarem Aécio. E aí Ataídes terá que fazer, necessariamente, uma escolha.

Deixe seu comentário:

© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.