Ponto Cartesiano
11 Out 2017 - 08h03m

Conveniências da inércia. Meu artigo desta quarta no Jornal do Tocantins

Parto do princípio de que algo que está parado, a menos que seja perturbado, ficará sempre parado. E se algo está em movimento, assim permanecerá, a menos que alguma coisa o pare.

A razão que sustenta tais premissas se encaixa perfeitamente nas ações das autoridades políticas (e constituídas) do Estado, confrontadas com os resultados delas advindos e, quando não, rigorosamente planejados.

Leia Mais: https://www.jornaldotocantins.com.br/editorias/opiniao/tend%C3%AAncias-ideias-1.456289/conveni%C3%AAncias-da-in%C3%A9rcia-1.1367154

Deixe seu comentário:

© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.