Ponto Cartesiano
19 Mai 2017 - 16h58m

Duas empresas que ganharam lotes nos pregões de lavanderia e alimentação na Secretaria de Saúde do Estado tem o mesmo endereço comercial!!!!

Dias atrás, declarações atribuídas ao secretário de Saúde, Marcus Musafir, informavam que o governo estaria mudando em benefício da população. E uma das justificativas seria a distribuição dos serviços de alimentação e lavanderia nos hospitais a várias empresas.

Desde agosto do ano passado o governo tem improvisado nos hospitais: alimentação adquire daquela empresa das linguiças e ovos. E lavanderia, tem feito a lavagem apenas com sabão em pó quando o necessário é uma lavagem com pelo menos cinco produtos para higienizar e desinfetar, essas coisas.

Pois não é que duas empresas que venceram os lotes (três na alimentação e dois na lavanderia) tem o mesmo endereço!!!!! A Nutrindus (que ganhou três lotes de alimentação) e a Lavebras (que venceu dois lotes de lavanderia) tem como sede o mesmo endereço comercial: avenida 14, número 22, sala 01, bairro Maiobão, São Luis (MA).

Como as declarações atribuídas ao Secretário foram divulgadas depois do pregão, o Secretário talvez não tivesse tido tempo para dar uma olhada no endereço das empresas. Na proposta apresentada no pregão do Tocantins, a Lavebras apresentou o endereço em Santana do Parnaíba (Estrada Ana Procópio de Morais, 650, bairro Chácara Solar).

Óbvio que não haveria qualquer irregularidade em uma empresa ter duas sedes. O problema é dividir uma das sedes com outra participante dos pregões que, a priori, a Secretaria contratante difundiria não haver ligação entre elas. Aí o juízo é seu, leitor.

Há duas licitações conclusas e cujos resultados não foram publicados oficialmente. Na primeira, de alimentação, a empresa Nutrindus Alimentos (como você já leu aqui) teria saído vencedora em três lotes. O pregão é para fornecimento de 537 mil refeições/mês nos 18 hospitais regionais.

Na segunda (de lavanderia), a BR Automation  (de Aparecida de Goiânia) ganhou dois lotes e a Lavebras (Santana do Parnaíba/SP) outros dois.

Os resultados de ambos os pregões não oficializados por motivos óbvios: questionamento dos participantes sobre inconsistências inquestionáveis sobre a qualificação das empresas vencedoras.

A Nutrindus (alimentação) por suspeita de ter apresentado em concorrências suposto atestado de capacidade técnica fraudulento (já teria uma investigação no DF e no Maranhão sobre o assunto). Já a BR (lavanderia) há suspeitas também quanto ao atestado de capacidade técnica e há divergência de valores na proposta.E agora mais essa: a Nutrindus poderia ser integrante do mesmo grupo da Lavebras já que tem o mesmo endereço na Junta Comercial do Maranhão. Ainda que a Lavebras tenha apresentado outro endereço no pregão.

Deixe seu comentário:

© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.