Ponto Cartesiano
07 Ago 2017 - 18h08m

Enquadrando coisas novas em quadros antigos!! Governo pode anunciar cortes nessa terça-feira. É a promessa do dia!

O governo pode anunciar cortes amanhã. Isto é o que amplificou o grupo gestor. Entrega a proposta a Marcelo Miranda nessa terça. Dentre elas, demissões. É uma ação tão disseminada nos últimos dois anos que é difícil não se concluir que o governo tenta, em vão, enquadrar coisas novas em quadros antigos.

Vamos pelo ponto de observação do suposto atingido: o demissível. O cidadão está há quase dois anos sendo submetido à informação de que ficará sem o emprego. Como não lhes informam o prazo que tem para encontrar outra ocupação, enfrenta uma agonia diária. Ele e a família.

E o cidadão nos hospitais aguardando a cirurgia que não vem, mas com expectativa otimista para amanhã, depois de amanhã, um mês, crente na informação de que agora vai, porque os cortes são sérios e vão proporcionar mais recursos à saúde. E mais chances de ser atendido na rede pública de saúde. Ele e sua família.

Diferente da saúde, onde o dinheiro não chega, o demissível não é demitido. A ameaça de demissão, entretanto, a possibilidade da dor anunciada, sobreleva-se, evidentemente, à satisfação de não perder o emprego. Em ambos, como se nota, prevalece a completude do sofrimento para ele e sua família.

Disto se tem que o governo faz maldade e bondade aos poucos.  É uma inovação no princípio maquiavélico de que o governante deve fazer bondade aos poucos e maldade de uma vez, ainda que dele discorde afinal poder público não é para fazer maldades de forma alguma.

Marcelo Miranda, criatura, certo modo, contraria os princípios de seu criador: Siqueira Campos. Do qual se desconhece que tivesse anunciado demissões com dois anos de antecedência e, ainda assim, dois anos depois, não tivesse certeza de que corte a administração necessitaria.

Arrisco mesmo a dizer que o Governador pode ter dúvidas até se são necessários tais ajustes. Ou seja: esse negócio de déficit fiscal, LRF é tudo uma bobagem, qualquer coisa a gente pede um empréstimo. É tudo governo mesmo!!!! Michel, nosso amigão do peito, dá um jeito!!!

Deixe seu comentário:

2 Comentário(s)

  • Antonio Walter F. moreira | 08/08/2017 | 10:48O trabalhador pode pagar o preço de uma má administração.
  • Edilson Gonçalves da Silva | 07/08/2017 | 10:46Último parágrafo é a síntese de governos fracassados. Nada mais a declarar, acompanho na íntegra o relator.
© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.