Ponto Cartesiano
19 Mai 2017 - 09h28m

Fazenda registra frustração de receitas de R$151,5 milhões no primeiro quadrimestre!! Data-base, tchau querida!!!

O governo teve uma frustração de receitas da ordem de R$ 151,5 milhões de janeiro a abril de 2017. Os dados são da Secretaria da Fazenda.  De janeiro a abril de 2017, havia uma previsão de receitas de R$ 1,997 bilhões. Entraram nos cofres estaduais, entretanto, apenas R$ 1,846 milhões.

A maior perda foi tributária, sendo R$ 167 milhões a menos do previsto (R$ 125 milhões de frustração de arrecadação de ICMS). Ao contrário da previsão (e ampliação política do governo), os repasses de FPE registraram-se superiores ao estimado: R$ 1,266 bilhões de previsão, contra R$ 1,274 bilhões de repasses).

Houve também superávit no recebimento da dívida ativa. De janeiro a abril, o governo esperava receber R$ 12,9 milhões e conseguiu R$ 25,5 milhões. Ou seja 197,8% da meta foram cumpridos que possibilitou um saldo a mais de R$ 12,6 milhões. Ainda que só 50 grandes empresas do Estado sejam responsáveis por débitos de R$ 890 milhões de ICMS, como também divulgado pela Sefaz.

Conclusões possíveis: o secretário Paulo Antenor, apesar das pressões políticas, tem feito um bem danado ao governo, conseguindo, com o esforço fiscal e ajustes, dar algum sentido e transparência ao tesouro.

Por outro lado, os números dão suporte a que o governo empurre com a barriga, novamente, o pagamento da data-base que deveria ter oficializado desde o dia primeiro de maio. Ou seja: confirma-se a previsão de que os passivos do governo com os servidores se elevarão a R$ 1 bilhão no exercício de 2017. E se não teria orçamento (não incluiu isso na Lei Orçamentária) também não o terá no financeiro.

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • Luiz Carlos | 19/05/2017 | 13:08Uai, Luiz Armando!. E a emenda de Eduardo S Campos, não foi aprovada , é ?
© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.