Ponto Cartesiano
06 Fev 2018 - 14h32m

Justiça concede a dono de cartórios benefício de R$ 46 mil mensais do Igeprev. Igualou cartorário a servidor público!!!! Que coisa, heim!!!

É cada uma. O Igeprev busca uma forma de derrubar decisão judicial que determinou um benefício de R$ 46 mil mensais para um cartorário proprietário de dois cartórios no Estado.

Loucura total. O cidadão (dos dois cartórios) contribuía para o Igeprev (qualquer um pode fazê-lo) tendo como base de cálculo com um salário o que pela lei daria um benefício pela média salarial. Só que na hora de pedir o benefício, apresentou declaração de rendimento dos seus cartórios, recebendo o benefício como se fosse servidor público.O último contracheque.

O problema é que cartorário não é servidor público e o benefício é calculado sobre a contribuição. A Justiça determinou que ele fosse tratado no Igeprev como o servidor público que recebe de aposentadoria/pensão o valor do último salário. E não pela média como é feito na Previdência.

O cartorário acionou a Justiça, a procuradoria geral do Estado comeu bola e o juiz concedeu essa loucura aí. “Muitos cartorários recebem benefício do Igeprev pela média do que contribuem da ordem de dois saláros mínimos" disse a este blog nesta manhã o presidente do Igeprev, Jacques Silva. “Por estas é que já ultrapassamos os gastos de R$ 80 milhões mensais com aposentadorias e pensões”, disse o dirigente.

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • Ruan Douglas | 06/02/2018 | 11:47Essa justiça do Tocantins está bem representada na novela O Outro Lado do Paraíso pelo visto, é uma absurdo as coisas que esse povo faz por aqui.
© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.