Regional
13 Out 2017 - 08h42m

Polícia Civil recupera 32 aparelhos celulares roubados e os devolve aos legítimos donos em Palmas

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 5ª Delegacia de Palmas realizou, na tarde desta quarta-feira, 11, a entrega de 32 aparelhos celulares, aos legítimos proprietários. Os aparelhos haviam sido furtados ou roubados, nas últimas semanas, em Palmas e também em outros municípios do estado.

 

Segundo o delegado Evaldo de Oliveira Gomes, titular da 5ª DP, a maioria dos aparelhos celulares de marcas e modelos diferentes foi subtraída através de ação de criminosos, portando armas de fogo e que agem nas regiões sul e norte da capital, além do plano diretor e municípios vizinhos, como Paraíso do Tocantins.

 

“Iniciamos os trabalhos investigativos assim que as vítimas vieram até a Delegacia e fizeram o registro dos Boletins de Ocorrências, sendo que a grande parte dos celulares estava em poder de pessoas, as quais responderão pela prática do crime de receptação”, ressaltou. Evaldo Gomes reiterou também que às investigações foram intensificadas a fim de que a Polícia Civil possa descobrir quem são os autores dos furtos e roubos dos aparelhos para que os mesmos respondam conforme determina a lei.

 

Após os procedimentos legais cabíveis, os 32 aparelhos de telefone celular foram submetidos a perícia oficial do estado e, em seguida, restituídos aos legítimos proprietários, na tarde desta quarta-feira, na sede da 5ª Delegacia em Palmas.

 

A dona de casa Laurinda do Carmo Silva foi uma das pessoas que compareceu até a 5ª DP a fim de restituir o celular roubado de sua filha. Na ocasião, ela elogiou o trabalho da Polícia Civil e se mostrou muito satisfeita com a recuperação do bem. “Minha filha mora no Estado de Goiás e, veio para Palmas passar férias, quando foi abordada por dois homens armados e teve o celular roubado. Procuramos a Delegacia e registramos o Boletim de Ocorrência e, graças ao empenho e dedicação da equipe da 5ª Delegacia, o aparelho foi recuperado e devolvido”, pontuou.

 

A bióloga Eleonice Rocha Resplandes da Silva também conseguiu recuperar seu aparelho celular e, na oportunidade, parabenizou a ação da Polícia Civil. “Gostaria de parabenizar a todos os policiais civis da 5ª DP pelo excelente trabalho realizado na localização e devolução, não só do meu aparelho, como de todos os outros, pois muitas vezes somos muito críticos ao trabalho desempenhado pelos órgãos públicos, no entanto, hoje quero agradecer de coração ao empenho e dedicação dos policiais civis que não mediram esforços para que essa grande quantidade de aparelhos celulares fosse recuperada e entregue aos seus donos”, finalizou.

 

Após a entrega dos celulares, o delegado Evaldo de Oliveira Gomes fez um alerta à população quanto às medidas a serem tomadas, em caso de furto ou roubo de celulares ou qualquer outro bem. “É imprescindível que ao ser vítima de qualquer tipo de crime, sobretudo, de furto ou roubo, a vítimas ligue para o telefone 190 e repasse todas as características do bem subtraído a fim que a Polícia Militar ou Guarda Metropolitana realize patrulhamento com o objetivo de localizar o autor ou autores e recuperar o produto furtado ou roubado”, disse.

 

O delegado também enfatiza a necessidade de a vítima comparecer até a Delegacia para registro da ocorrência. “Uma vez que o bem não seja recuperado, é de suma importância que a vítima compareça a Delegacia de Polícia Civil, da área onde reside, munida da documentação do objeto roubado, e número de identificação (IMEI, no caso de aparelho celulares), para que possamos dar início à investigação objetivando recuperar o bem subtraído”, ressaltou

Deixe seu comentário:

© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.