Ponto Cartesiano
07 Ago 2017 - 08h14m

R$ 34,9 mi com passagens aéreas, R$ 21,9 mi de diárias,R$ 5,3 mi com locação de carros e R$ 13,7 mi com propaganda. É isso aí! Em seis meses!

O poder público do Estado pagou de janeiro a junho de 2017 um total de R$ 34,9 milhões com passagens aéreas. Pagou ainda R$ 21,9 milhões de diárias a funcionários, R$ 2,2 milhões com hospedagem de servidores, R$ 5,3 milhões com locação de carros, R$ 1,8 milhão com aluguel de aviões, R$ 13,7 milhões com propaganda e R$ 9,5 milhões com aluguéis.

Gastou ainda no primeiro semestre R$ 16,6 milhões com conta de energia, R$ 6 milhões com conta de água e R$ 5,4 milhões com telefone. Além disso, pagou R$ 9,5 milhões de janeiro a  junho com dedetização.

Desembolsou ainda R$ 1,8 milhões com vantagens a servidores e R$ 33,3 milhões com indenizações (aqueles incentivos a suposta produtividade de servidores fora de lotação e que já ganham as diárias). Gastou ainda R$ 56 milhões em subvenções sociais e R$ 78 milhões em auxílio alimentação. Mais: R$ 39 milhões com locação de mão de obra.

É provável que nenhum destes itens aí constem na fundamentação dos cortes de amanhã. Ou neles se mexa. De todo modo, há sempre expectativa de mudança de paradigmas.

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • Edilson Gonçalves da Silva | 07/08/2017 | 10:42Quase R$ 14 mi só com propagandas!
© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.