Ponto Cartesiano
13 Out 2017 - 08h27m

Tocantins: Estado onde, conforme IBGE, 50% da população economicamente ativa estava desempregada em junho de 2017

A última estimativa Pnad/contínua (IBGE) – do trimestre abril/maio/junho/2017 – aponta dados interessantes (e preocupantes) da economia regional.

Haviam no Estado, 1.194.000 pessoas em idade de trabalhar (de uma população de 1,5 milhão). Destas, apenas 605 mil estariam ocupadas, conforme o IBGE. Ou seja: apenas 50,6% da população economicamente produtiva estaria trabalhando. Por outra: 49,4% desocupada. Não é pouco.

O estudo registra 147 mil empregados no setor público e 232 mil empregados no setor privado.

Dos 232 mil trabalhadores empregados em empresas privadas, um número equivalente a 89 mil estariam ocupados mas sem carteira assinada. Ou seja: apenas 143 mil estariam formalmente garantidos na lei.

Haviam no Estado 47 mil empregados domésticos e 149 mil trabalhariam por conta própria.

A agricultura/pecuária é que mais empregava (106 mil pessoas) vindo a seguir o comércio (104 mil), a construção (49 mil) e a indústria (36 mil empregados).

É o último dado disponível no IBGE. Com poucas alterações de junho/outubro.

Um Estado onde metade da população economicamente ativa está desocupada.

Deixe seu comentário:

© 2015 - luizarmando.com.br - Todos os direitos reservados.